terça-feira, 25 de outubro de 2011

A Inclusão do Pai no Cenário Materno-Infantil

por Gleice Marcondes
Matéria publicada no Parto do Princípio www.partodoprincipio.blogspot.com

É interessante notar que na maioria dos artigos sobre criança ou gestação, o enfoque se volta mais para a figura materna do que a paterna, porém esta última é também de extrema importância e crucial para o desenvolvimento da criança. Salienta-se aqui que figura paterna ou materna não se refere somente aos pais biológicos, mas sim àquelas pessoas que cuidam da criança e que possuem com a mesma um grande vínculo afetivo.
Nossa cultura patriarcal determina que o homem deva ser autossuficiente, até porque não faz muito tempo, ele era o único provedor do lar, era realmente o chefe da casa, e isso se estendia pela vida a fora. Os papéis vividos por eles eram muito rígidos, a mulher era realmente a "esposa", aquela que servia ao seu marido e voltava-se aos afazeres domésticos.
Estes arquétipos estão tão enraizados em nossas mentes, que mesmo após a liberação sexual da mulher, muita coisa ainda não é fácil de mudar, além do que não podemos nos esquecer de que estamos inseridos numa cultura que nos convida todo tempo a manter esses padrões.
 
Continue a leitura acessando o link abaixo

Nenhum comentário: